Apesar da diferença entre as duas áreas, são setores que se complementam dentro da realidade financeira da empresa.


Quem é administrador de empresas ou trabalha com gestão e departamento financeiro certamente já ouviu falar e tem os conceitos básicos de contabilidade gerencial e financeira na ponta língua, inclusive, utilizando muitos deles no dia a dia da organização. Mas você saberia apontar as principais diferenças entre contabilidade gerencial e financeira? Confira na sequência!

A contabilidade gerencial engloba vários aspectos que fazem parte da contabilidade financeira, como análise de custos e finanças, balanço, entre outros procedimentos. A diferença principal entre este modelo e a contabilidade financeira é que os dados obtidos são apresentados de uma maneira específica, mais analítica, para conhecimento de gerentes e cargos superiores da empresa. Basicamente, é a síntese do trabalho de contabilidade que é passada para a parte diretiva da instituição.

Com isso, é possível que a direção da empresa tenha um cenário mais definido sobre as possibilidades de investimento, onde é preciso realizar cortes de verbas, entre outros aspectos da vida financeira do negócio. Logo, é o gerenciamento da informação contábil em favor da administração da entidade.

Já a contabilidade financeira é a etapa anterior, onde todos os dados de transações econômicas, entradas e saídas, custos operacionais, contratação de pessoal, dispensa, entre outros pontos, são classificados e registrados para futura análise gerencial. Ao contrário da contabilidade gerencial, que tem um caráter mais analítico com relatórios explicativos, a contabilidade financeira é mais objetiva. Nesta etapa, a preocupação é apenas com a demonstração assertiva da vida financeira da organização, na qual os relatórios são elaborados para agentes externos, como acionistas e credores.

Fonte: Mundo Carreira